sábado, 25 de março de 2017

AdoRmecia



Minha bela.
Minha bela adormecida.
Foi nesse dia que te passei a amar.
Foi no momento em dormiste sobre o meu peito,
que fixei todo o meu coração em ti.
Não houve prova maior do teu amor,
do que escolheres o meu peito para o teu sono.

TorTura






Penas.
Pena.
É o que não terei por ti,
quando as minhas mãos percorrerem o teu corpo.
Quando te vendar e for apenas meu o teu destino.
Sim, vou torturar te docemente,
com todo o mel que existe em mim e nos meus gestos.
Vou sentir te à toa,
vou fazer te sentir à nora,
não haverá roda dos ventos que te salve,
não haverá bússola que te guie.
Eu serei comandante,
deste barco sem rumo que será a tua pele.
Vais pedir para parar,
querendo que prossiga.
Vais querer desistir,
querendo continuar.
E eu vou ficar a assistir ao teu desnorte.

sexta-feira, 24 de março de 2017

TeMpo


As minhas mão não sabem contar distâncias,
mas sabem contar o tempo,
que passam sem te tocar.
É como existisse um relógio nelas,
que conta as horas, minutos e todos os segundos sem ti.
As minhas mãos sabem contar a saudade,
em números garrafais, para que eu veja aquilo que és para mim.
Tenho as mãos cansadas, as horas trocadas,
isto tudo porque quero que chegues a tempo de sermos felizes.

DanÇa



A dança: uma expressão perpendicular de um desejo horizontal.
George Bernard Shaw

RoTina


Rotina é uma palavra que não existe.
Muito menos no sexo.
Muito menos no prazer.
Enquanto o homem souber usar bem a cabeça de cima,
muito melhor saberá usar a debaixo.

quinta-feira, 23 de março de 2017

CéU


Leva me ao céu.
Faz me conhecer o paraíso.
Eu sei que tu sabes como lá chegar.
 Eu na tua boca viro anjo.

AmOr



Quando duas pessoas fazem amor,
não estão apenas fazer amor,
estão a dar corda ao relógio do mundo

MÁRIO QUINTANA